Gravidez saudável com Pilates

Atualmente, as mulheres estão preocupadas em ter uma gravidez saudável. Como fazer isso? Alimentação balanceada e exercícios físicos moderados garantem uma melhor qualidade de vida durante e depois da gestação.

As mudanças que ocorrem nesta fase não são apenas hormonais e emocionais.
O método Pilates pode trazer conforto à gravidez e ao parto. Melhora a concentração, a força postural, o equilíbrio, a coordenação e a qualidade dos movimentos, sem sobrecarregar as articulações. Conforme a gravidez vai avançando, as alterações em músculos, articulações e coluna vertebral também progridem, portanto, as mudanças são também posturais.

 

Como já falamos anteriormente, o Pilates incentiva o controle muscular postural, portanto no período gestacional, auxiliará a prevenir as dores lombares, ombros caídos e tensão no pescoço, além disso, irá fortalecer e alongar os músculos. Outro grupo de músculos que é trabalhado, são os do assoalho pélvico. Fortalecer este grupo é fundamental para prevenir possíveis problemas nos intestinos e bexiga. O equilíbrio do tronco é fornecido principalmente pelo músculo transverso do abdômen. Com ele fortalecido evitará que a pelve se desloque muito para frente, causando desconforto na região lombar inferior durante os estágios finais da gravidez. Este também é o principal músculo usado durante o trabalho de parto normal.

Os movimentos do método auxiliam na circulação, as técnicas de respiração trabalhadas no Pilates também ajudam a relaxar e respirar com mais eficiência, induzindo a calma.

 

A freqüência cardíaca não é elevada pelos exercícios específicos de Pilates, direcionados para gestantes. Os exercícios são adaptados conforme cada fase da gestação, inicial, intermediária e final, além do pós-parto imediato e seis semanas após.

Antes de iniciar ou continuar os exercícios do método Pilates, um obstetra deve ser consultado, com a finalidade de identificar algumas contra-indicações a exercícios físicos.

Os benefícios do método Pilates são para a vida toda, não somente na gestação!

Pratique!

(fonte: Espaço Harmonie)

 

1 Comment

Leave A Response

* Denotes Required Field