O que é a Microfisioterapia?

 A Microfisioterapia é uma técnica de tratamento realizada manualmente sobre o corpo de um paciente. Foi desenvolvida na França na década de 80 pelos fisioterapeutas e osteopatas franceses Daniel Grosjean e Patrice Benini, chegando ao Brasil no ano de 2004. Seu embasamento teórico e científico iniciou pelo estudo e revisão criteriosa das seguintes áreas: Embriologia – Ontogenia – Filogenética – Anatomia.

Por meio destes estudos desenvolveram mapas corporais específicos, que refletem os traços de uma disfunção causada por um agente agressor e que o organismo não conseguiu recuperar, está informação estará armazenada na memória do tecido, atrapalhando o bom funcionamento corporal.

 

A Microfisioterapia é um método inovador, atuando nas disfunções psicossomáticas, modificou a abordagem através da terapia manual com toques sutis guiados por mapas precisos selecionando as diversas camadas corporais.

Identificado a causa primária o profissional realizará a sessão de tratamento utilizando gestos manuais específicos, denominados de micropalpação por causa da maneira suave como é aplicada.

 

Realiza-se um diagnóstico funcional e posteriormente estimula-se os pontos específicos no corpo com sessões que duram em torno de 45 minutos; repetidas em média 4 vezes se necessário e espaçadas as sessões em torno de 30 a 60 dias.

 

A Microfisioterapia é indicada para:

  • Indicado para todas as idades;
  • Lesões traumáticas e esportivas;
  • Dores musculares e articulares;
  • Fibromialgia;
  • Disfunções gastrointestinais;
  • Disfunções hormonais;
  • Déficit de atenção, hiperatividade;
  • Problemas renais, enurese noturna e incontinência urinária;
  • Disfunções sexuais;
  • Alergias e problemas de pele (rinite, bronquite, asma, sinusite, etc.);
  • Enxaquecas, cefaléias;
  • Distúrbios de sono;
  • Distúrbios de peso;
  • Distúrbios somato-emocionais (depressão, pânico, ansiedade, medos, fobias, etc.);
  • Traumas emocionais (perdas, abandonos, separações).

 

Autora: Fabiola C. Broch

Fonte: Instituto Salgado